sábado, 13 de fevereiro de 2010

Andruchak produz mural em Bento Gonçalves-RS




Marco da sustentabilidade ambiental na obra de Andruchak

Mural, na Serra Gaúcha, inaugurado em Bento Gonçalves é uma iniciativa de Proamb, Fiema Brasil 2010 e UCS
A Serra gaúcha já tem um marco para se inspirar como símbolo do polo de desenvolvimento sustentável com que se pretende transformar a região. Na noite do dia 4 de fevereiro de 2010 (quinta-feira), foi realizada a cerimônia oficial de entrega e o descerramento do mural Plataforma da Sustentabilidade Ambiental. A obra, executada pelo artista plástico muralista Marcos Andruchak, é uma iniciativa da Fundação Proamb, Fiema Brasil (Feira Internacional de Tecnologia para o Meio Ambiente) e Universidade de Caxias do Sul (UCS). O trabalho está em exposição permanente no Bloco H do Campus Universitário Região dos Vinhedos (Carvi), em Bento Gonçalves (RS).
O evento de inauguração contou com a participação de diversas autoridades, como o Secretário Geral do Ministério da Educação, Franclin Costa do Nascimento, o prefeito de Bento Gonçalves, Roberto Lunelli, o sub-reitor do Campus Universitário da Região dos Vinhedos, José Carlos Köche, o presidente da Fiema, Marcio Chiaramonte, e a Presidente da Proamb, Juliana Dal Piaz. Em seu discurso, o secretário Nascimento salientou a importância da obra e do trabalho desenvolvido em prol do meio ambiente e da sustentabilidade. Reforçou também a importância das ações voltadas para a inclusão social, uma de suas bandeiras e atuações dentro do ministério. A referência se deveu a realização de um segundo mural pelo artista, com o título Venha viver a vida...assim como ela é, dado de presente ao Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Especiais (Napne - IFRS), de Bento.
Após o descerramento do mural, Andruchak -que é Professor e Vice-Chefe do Departamento de Artes da UFRN- fez uma breve apresentação da obra e dos símbolos que a compõem. “A lâmpada remete às ideias e elas brilham. Esse brilho é como uma engrenagem que faz mover tudo”, iniciou o autor. Ele fez questão de enaltecer outros itens, como o símbolo da reciclagem, os peixes, as águas e as árvores, que remetem aos homens, agentes que devem estar voltados para a preservação. “Dei uma palha. Cabe a cada observador buscar os outros símbolos, que fazem sentido para todos”, argumentou Andruchak.
O mural representando a plataforma de sustentabilidade ambiental tem 4,5m x10m, foi feito em relevo de artamassa pigmentada e estilo geometricista, levou três dias (e noites) para ser realizado, mais dois meses de planejamento anterior e integra a programação do Salão Internacional de Artes da Fiema Brasil. O artista plástico, renomado internacionalmente e com murais em diversas cidades brasileiras, teve a colaboração de pessoas da comunidade e das equipes da Proamb e Fiema na execução da obra, que é parte de um trabalho de integração mantido por ele no Projeto de Extensão Andruchak Arte Brasil, Proex e Deart, da UFRN de Natal, no Rio Grande do Norte.

(Vinícola Aurora e Cromo Gráfica e Editora deram apoio ao evento.)

Nenhum comentário: