segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Diniz Grilo nas tintas do céu...


Um fatal acidente de automóvel vitimou Diniz Grilo. No semestre passado, o artista esteve a nosso convite no Deart (foto acima, ladeado por mim e Rhiana Negreiros), conversando com alunos de A.Visuais. Morava na praia da Redinha e ia sempre a N. York expor/vender seus quadros. E ver as coisas... Gostava de divulgar o trabalho de outros artistas. Sorrisão e a simplicidade dos que sabem que tudo é passageiro. Reconhecido aqui e alhures. Como praieiro, era um pescador de amizades, e com a rede sempre aberta. Um homem todo estético: na arte e na vida. Bem legítimo. Bom. E nada de posar de estrela... Agora vai repousar entre elas.
Nosso carinho.

2 comentários:

Rhi disse...

Nossa Nivaldete... Eu estou completamente perplexa com tudo isso... Ainda não consigo acreditar... Como foi tudo isso??? Foi aqui??? Realmente lamentável...

beijos...

Evelyne Furtado disse...

pesquisando sobre Diniz na web cheguei aqui. Só soube hoje e fiquei chocada,mas as cores e o coração dele combinam muito bem com o céu..
bela hoemangem
abraços